WWW.CORREIODOSVINHOSEPETISCOS.COM
Correio dos Vinhos e Petiscos
Número treze • trimensário newsletter • Director: Álvaro Vale
Nesta edição       Edição 13 - Versão impressa
- Primeira página

- A Pias o que é de Pias

- O vinho branco invisível da Ervideira feito com uvas pretas

- Teor alcoólico dos vinhos aumentou 2,3 graus

- Vini Portugal


- Projecto vínico Discórdia entre Mértola e o Pomarão

- Penúltimas

- Últimas

- No fecho da Edição















 

Montês/Seia: nasceu o primeiro gin de montanha
Barriosa, 26 de Junho. – Subimos às montanhas portuguesas para colher as melhores bagas, flores e frutos silvestres e criar aquele que é o primeiro gin de montanha do país.
Assim nasceu o Montês, um gin destilado a partir de quatro botânicos: o Zimbro (Juniperus Communis), a Carqueja (Pterospartum Tridentatum), as Urzes (Erica / Calluna Vulgaris) e o Medronho (Arbutus Unedo). Juntas, estas plantas dão origem a um gin ligeiramente doce e menos seco, marcante e rústico, com aroma a mato e de espírito subtil, tal como o gato Montês (Felis Silvestris).
Seguindo um modo de produção artesanal, os botânicos são destilados um a um e posteriormente é feito o blend, segundo uma fórmula desenvolvida por João Pedro Freire Borges Mendes, produtor, proprietário e master distiller da Destilaria Caratão, coadjuvado neste “processo alquímico” por outro mestre, o Pedro Miguel Freire.
O método utilizado é o de destilação lenta em alambique de colunas por arrasto de vapor de água, água esta captada em área protegida do Parque Natural da Serra da Estrela.
O gin Montês celebra a singularidade e a riqueza das plantas silvestres que brotam das montanhas do nosso país. Esperamos cativar todos os amantes desta bebida. Àqueles que se queiram iniciar, desafiamos desde já a provar este novo néctar”, comenta o João Pedro.

Ervideira recebe 3ª distinção de Excelência pelo TripAdviso
A Ervideira acaba de receber o seu 3º Certificado de Excelência do TripAdvisor. Esta distinção baseaiase nas avaliações realizadas no site ou aplicação do TripAdvisor por parte dos utilizadores e clientes, e só atribuída quando se verifiquem avaliações, apreciações e recomendações consistentemente positivas. Esta é a terceira vez que a marca alentejana de Reguengos de Mosaraz é premiada, e já anteriormente fora reconhecida pela Adega e pelas suas lojas Wine Shops.
O diretor-geral da Ervideira, Duarte Leal da Costa considerou esta nova distinção como “um enorme orgulho por todo o trabalho que temos desenvolvido, pela dedicação e empenho com que o realizamos; e na verdade é bastante gratificante que este reconhecimento seja fruto das relações únicas e de confiança que temos criado com os nossos clientes. Para nós o carácter inovador e disruptivo são característicos da nossa estratégia, e para os nossos visitantes é importante que continuem a olhar para estas visitas como experiências únicas e diferentes.”

Wine Terrace na Adega e na loja de Monsaraz até Setembro
Actualmente, a Quinta Conde D’Ervideira dispõe de duas Wine Shops, para além da Adega Ervideira propriamente dita, situando-se em Évora e em Monsaraz. Para além disso, abriu recentemente o conceito de Wine Terrace na Adega e na loja de Monsaraz com o objetivo de proporcionar aos visitantes uma experiência totalmente diferente de relação com o vinho e que se prolongará até ao mês de Setembro. Em todos estes espaços, os visitantes são convidados a provar qualquer um dos vinhos do produtor. No caso da Adega existe ainda a possibilidade de marcação de visitas para conhecer todos os passos da produção destes vinhos. O visitante terá, nestes espaços, a oportunidade de provar alguns vinhos únicos, como o INVISIVEL ou VINHO DA ÁGUA, um vinho que estagia 8 meses a 30 metros de profundidade, no grande lago de Alqueva, mais precisamente na baia da Amieira Marina.


Poças Junior lança
Emotions Explorer Kit

A produtora de vinho do Porto Poças Júnior lançou um novo produto turístico inovador: o Emotions Explorer Kit. Uma garrafa de vinho do Porto Tawny da Poças, dois copos e um mapa da cidade do Porto - criado pelo designer portuense Luís Mendonça, a caixa Emotions Explorer é uma proposta para viajantes na cidade do Porto que gostam de saborear os lugares em boa companhia. É facilmente transportável, contém aromas históricos e únicos no mundo e espírito de explorador.
A ideia é que os visitantes ou descobridores da cidade partilhem um copo de vinho do Porto no melhor local que encontrarem. O vinho do Porto serve assim de mote para os turistas conhecerem e criarem outro laço sentimental com a cidade. É um modo de percorrer ou conhecer a cidade do Porto, uma experiência com cinco sentidos e o repositório de sentimentos e memórias que cada um desejar acrescentar.

No Mercado da Ribeira, em Lisboa os melhores sabores de Portugal:
· Restaurante Estrela da Mó venceu em carne e arroz
· Na categoria de peixe venceu o restaurante Castas e Pratos
· 1.454 restaurantes de norte a sul de Portugal concorreram à iniciativa


Os restaurantes Estrela da Mó (São Miguel de Poiares) e Castas e Pratos ( de Peso da Régua) venceram o concurso “O Melhor Sabor de Portugal 2017”, na final realizada no espaço Time Out no Mercado da Ribeira, ao Cais do Sodré, em Lisboa. O evento juntou os 15 restaurantes finalistas, apurados após selecção dos 1.454 restaurantes candidatos de todo País.
Em jogo estavam os melhores pratos confeccionados de carne, arroz e peixe, que público e jornalistas votaram, a partir de provas desde as 10 da manhã às 14 horas, tendo como júri diversos Chefes de cozinha, designadamente Carlos Madeira (Chefe da Unilever Food Solutions), Paulo Pinto, Luís Gaspar, Celso Padeiro, Carlos Gonçalves e António Lourenço, Chefes da Asscociação dos Cozinheiros Profissionais de Portugal e das Equipas Nacionais de Competição Culinária.
Os pratos vencedores foram o Arroz de Cabidela e o Cabrito Assado no Forno, do restaurante Estrela da Mó, nas categorias de arroz e carne, respetivamente. Já o restaurante Castas e Pratos, vencedor da edição de 2015, voltou a brilhar, desta vez com o prato Sabores da Nossa Costa, na categoria de peixe.
A iniciativa foi da Unilever Food Solutions UFS), que está em Portugal desde 1949 em parceria com o grupo Jerónimo Martins, e que a partir da votação do público (19.503 votos únicos) doou 2 toneladas de arroz a instituições de solidariedade escolhidas pelos 15 finalistas, o equivalente a 30 mil refeições.

 
Correio dos Vinhos e Petiscos
Informação
ESTADO DO TEMPO

BOLSA